Buscar
  • Interbrasil Saúde

Tabela e resultados - IMC

O IMC pode trazer os seguintes resultados:


Calcule seu IMC


Abaixo do peso

Estar abaixo do peso é uma condição em que a pessoa pesa menos do que é considerado adequado para aquela altura, idade e sexo. Uma pessoa nestas condições pode estar com alguma doença que a está emagrecendo ou sua nutrição não está boa o suficiente. Normalmente estas pessoas podem ter deficiências de nutrientes como vitaminas, sais minerais, proteínas, gorduras ou sob o risco de estar com anorexia.


Ao perder muito peso em um curto período de tempo, é preciso investigar a causa do emagrecimento. A melhor maneira é procurando um médico para a realização de exames. No caso dos transtornos alimentares, como bulimia e anorexia nervosa, ainda é indicado o acompanhamento terapêutico. O estresse e a ansiedade também podem afetar a perda de peso, sendo indicadores de que o corpo precisa de tratamento. Estar abaixo do peso pode causar:


  • Unhas e cabelos secos e quebradiços

  • Pele seca

  • Incapacidade de se concentrar

  • Esquecimento

  • Exaustão

  • Irritabilidade

  • Perda de apetite

  • Dor nas articulações

  • Vertigem

  • Sensação de desmaio

  • Dores de cabeça

Para ter um ganho de peso saudável, não se deve comer somente muitos alimentos calóricos e sim priorizar alguns alimentos com boa quantidade calórica, mas ricos em nutrientes benéficos e com pouca quantidade de gordura saturada (de origem animal) e gordura trans (de industrializados). Confira algumas estratégias interessantes que podem te ajudar nesse processo:


Alimentos ricos em proteína são grandes aliados: dê preferência às carnes magras (alcatra, filé mignon, maminha, fraldinha) , frango e principalmente peixes e ovos, além de leite e queijos brancos como ricota e minasAposte nas gorduras boas: amendoim, nozes, amêndoa, avelã, castanhas, azeite de oliva, linhaça e abacateAumente o consumo de pães, bolos, massas, mandioca, batata, milho e cereais (arroz, farinha de trigo, fubá, aveia), lembrando sempre de optar pelas versões integraisEvite alimentos nas versões diet e light, baixo teor de gorduras, calorias reduzidas


SEU IMC ESTÁ ABAIXO DO PESO? ENTENDA TUDO AQUI


Peso normal

Estar dentro da faixa de peso normal é significa ter um peso considerado adequado para sua altura, idade e sexo, de acordo com as faixas do IMC - momento de fazer a manutenção do peso Para manter o peso é importante manter uma dieta balanceada (não basta alimentos corretos, mas também quantidades corretas) para seu organismo. Devem ser avaliados peso, idade, composição corporal, presença de doenças e/ou comorbidades. Pontos importantes para manter o peso:


  • Não existe alimento 100% bom ou 100% ruim.

  • Varie ao máximo o seu cardápio e não elimine completamente nenhum tipo de alimento.

  • O equilíbrio entre a quantidade e a freqüência com a qual você consome refeições mais calóricas é a garantia do seu sucesso

  • Estabeleça uma rotina alimentar

  • Analise os rótulos dos alimentos. Muitas vezes, os alimentos light contêm uma pequena diferença na quantidade calórica, que nem compensa a troca

  • Praticar atividades físicas de forma regular

  • Descanse e durma o suficiente

  • Para ter uma alimentação saudável é importante que ela seja muito variada e conte com todos os grupos alimentares.

  • Lembrando que produtos alimentares ultraprocessados, como embutidos, bolachas recheadas, entre outros, não entram na conta

  • Aumentar a ingestão de líquidos no dia (mínimo de 2L de água)


SEU IMC ESTÁ DENTRO DO PESO IDEAL? ENTENDA TUDO AQUI


Sobrepeso

O sobrepeso é uma condição em que a pessoa pesa mais do que é considerado adequado para aquela altura, idade e sexo. O sedentarismo e os maus hábitos alimentares levam ao aumento dessa parcela de indivíduos com sobrepeso a cada ano. Essa faixa, se analisada junto com outras medidas e índices, pode demonstrar um risco maior de doenças como diabetes tipo 2, dislipidemia (com colesterol HDL baixo e triglicérides altos), ácido úrico aumentado, hipertensão, entre outras.


O tratamento para o sobrepeso depende de sua causa. Contudo, manter hábitos alimentares saudáveis e praticar atividades físicas são bons aliados contra o excesso de peso. Em casos mais graves, a cirurgia bariátrica pode ser uma alternativa. Dependendo da causa do excesso de peso, pode ser necessária a consulta com o psicólogo ou psiquiatra. Os remédios para emagrecer, quando bem indicados e sempre com acompanhamento médico, podem ser úteis dependendo do caso.


SEU IMC APONTA SOBREPESO? ENTENDA TUDO AQUI


Obesidade (graus 1, 2 e 3)

Somente o cálculo do IMC não é suficiente para diagnosticar obesidade. Na verdade, para além do IMC, são necessárias as seguintes medidas antropométricas: peso, estatura, espessura da dobra cutânea (bíceps, tríceps, subescapular e suprailíaca). Depois, é encontrado o percentual de gordura, que se for maior do que 25% a 30%, já é considerado um nível de obesidade. O índice de massa corporal tem que estar maior que 30kg/m².

  • Obesidade grau 1: O tratamento é realizado através de dieta apropriada com avaliação médica em conjunto com a prática de exercícios, desde que o paciente seja avaliado e liberado pelo médico. Além disso, é preciso que o paciente realize as atividades com o acompanhamento de um profissional de educação física. Em alguns casos avaliados pelo médico, pode-se fazer o uso de remédios para emagrecer para ajudar no controle do peso. A cirurgia bariátrica também pode ser destinada ao tratamento da obesidade grau 1 que é acompanhada de outras doenças cuja obesidade é um agravante ou doenças associadas ao excesso de gordura corporal. Mas neste grau de obesidade, os outros meios do controle de peso são priorizados e a bariátrica só passa a ser considerada quando as alternativas primárias são comprovadamente ineficazes. Pacientes que têm IMC abaixo de 35, sem doenças associadas, devem sem dúvidas tentar o tratamento clínico antes, com chances de conseguir resultados razoáveis.

  • Obesidade grau 2: Os riscos associados à obesidade de grau II são mais acentuados. Entre eles, estão a esteatose hepática, doenças articulares, hipertensão, diabetes mellitus, síndrome metabólica, cânceres, infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral, lembrando que estes dois últimos são as principais causas de morte no Brasil e no mundo. O tratamento desse quadro é dado através de mudanças no estilo de vida, associado ao tratamento multiprofissional com nutricionista, psicólogo e médico. No caso da obesidade grau II, o uso de medicações para a perda de peso também é um método que pode ser proposto diante de avaliação e acompanhamento médico. Já a cirurgia bariátrica costuma ser indicada para obesidade grau II quando não há resultados no tratamento convencional nos últimos dois anos e quando está associada a outras comorbidades, ou seja, outras doenças que podem vir associadas ao excesso de peso, que levam a redução da expectativa e da qualidade de vida.

  • Obesidade grau 3: Entre as patologias associadas à obesidade grau 3, estão os distúrbios hormonais, cardiopatias, morte súbita, dermatites, osteoporose, hipertensão, hepatopatias e insuficiência venosa. Porém, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade de grau III é a principal causa de morte evitável do mundo. A associação de reeducação alimentar e atividade física têm melhores resultados a curto e médio prazo, porém, muitas vezes, em pacientes com obesidade grau III, a atividade física acaba sendo bastante restrita, dependendo do grau de excesso de peso e das artropatias associadas. Nesses casos, esses pacientes podem optar por fazer a cirurgia de redução de estômago para controlar o peso e sair da obesidade. Existem quatro técnicas diferentes de cirurgia bariátrica para obesidade reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM): Banda Gástrica Ajustável, Gastrectomia Vertical, Bypass Gástrico e Derivação Bileopancreática. A escolha da cirurgia dependerá do quadro do paciente, do grau de obesidade e das doenças relacionadas.

SEU IMC ESTÁ DENTRO DA OBESIDADE 1, 2 OU 3? ENTENDA TUDO AQUI

Fonte: Minhavida

104 visualizações

 CENTRAL DE ATENDIMENTO 

ATENDIMENTO DE SEG A SEX: 8H ÀS 17:30H

WhatsApp

 SUPORTE ONLINE 

ATENDIMENTO DE SEG A SEX: 8H ÀS 17:30H

 ESCRITÓRIO CENTRAL 

ATENDIMENTO DE SEG A SEX: 8H ÀS 17:30H

AV. DESEMBARGADOR MOREIRA, 2001 - 3º ANDAR

ALDEOTA - FORTALEZA - CE - BRA

ICONE INTERBRASIL-01.png

Planos de saúde coletivos por adesão, conforme as regras da ANS. Informações resumidas. A comercialização dos planos respeita a área de abrangência das respectivas operadoras e a disponibilidade dos produtos pode variar de acordo com a região e a entidade de classe. Todas as informações referentes aos planos, incluindo preços, redes de prestadores e sua localização geográfica, são de responsabilidade exclusiva das respectivas operadoras. O preço e a rede de prestadores estão sujeitos a alterações, por parte da respectiva operadora, mesmo após a contratação do plano, respeitadas as disposições contratuais e legais (Lei nº 9.656/98). Condições contratuais disponíveis para análise. Junho/2016.

InterBrasil 

LIV Saúde

ans_logo.gif